terça-feira, 29 de maio de 2012

Rendicão - total ou parcial?


Meu tio Waldir Figueiredo, irmão mais velho do meu pai, era da Marinha e por cerca de dois anos serviu na Holanda. Quando voltou trouxe muitos presentes, entre eles uma linda boneca com que me presenteou. A preciosidade de lindos olhos azuis, cujo cabelo castanho era implantado, fazia movimentos diferentes das bonecas comuns. A roupa bordada, a bolsa contendo acessórios e os sapatos brancos, completavam o visual daquela que se tornou a minha boneca preferida. Depois dela eu ganhei outras, mas aquela era o meu xodó. Ela me acompanhou a muitos lugares e quando adoeci aos seis anos de idade, me fez companhia nas longas noites de delírio. Eu olhava e ela estava lá. Foi excelente companhia para o meu vasto mundo infantil.

Todos nós temos coisas ou pessoas favoritas. Podemos escolher por causa das afinidades, gosto, de acordo com nossa personalidade. Não importa. O fato é que acontece com todo ser humano. Jesus teve 12 discípulos, mas nem todos foram tão achegados. Todos eram ensinados da mesma forma, mas os achegados obtiveram favor especial do Mestre. Os fatos especiais nem todos observam com a mesma atenção. Pelo menos três dos discípulos, viram de perto o Cristo glorificado, antes mesmo da ressurreição.

O mesmo fato acontece na igreja. Algumas pessoas caminham no favor do Senhor e outras não. Por quê? Deus têm, favoritos?


"E Moisés disse ao SENHOR: Eis que tu me dizes: Faze subir a este povo, porém não me fazes saber a quem hás de enviar comigo; e tu disseste: Conheço-te por teu nome, também achaste graça aos meus olhos.

Agora, pois, se tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber o teu caminho, e conhecer-te-ei, para que ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é o teu povo.

Disse, pois: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar.

Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui.

Como, pois, se saberá agora que tenho achado graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Acaso não é por andares tu conosco, de modo a sermos separados, eu e o teu povo, de todos os povos que há sobre a face da terra?

Então disse o SENHOR a Moisés: Farei também isto, que tens dito; porquanto achaste graça aos meus olhos, e te conheço por nome".

Êxodo 33:12-17    (na Bíblia em inglês diz “favor” em vez de “graça”)

Não no sentido de fazer favor, e sim, ser favorecido. Existem favorecimentos coletivos e/ou personalizados.

A maioria do povo não consegue se libertar da mentalidade escrava, por isso não alcança favor pessoal, fica apenas no geral. Deus em sua bondade faz o sol nascer para todos, faz a chuva cair para toda a humanidade e da terra brotar o seu fruto para alimentar a todos. E ainda acusam a Deus de favorecer uns e a outros não.

O povo tem a tendência de ser inconstante. Mas, Deus criou o homem para viver sob Seu favor.

Como funciona o favor de Deus?

Primeiramente o favor de Deus funciona para quem tem um coração totalmente rendido.

Abraão, Moisés, Davi, alguns discípulos... Diferentes pessoas, diferentes personalidades, diferentes épocas, mas com uma coisa em comum. Um coração totalmente rendido a Deus.

Ouvir a voz de Deus e obedecer. Aprender a não dar, ouvidos a voz do inimigo que te diz a todo instante. “Não é bem assim, não foi assim que Deus disse” O desejo dele é nos levar para longe do favor do Senhor. E levando para longe do favor do Senhor, tornamo-nos mais arredios e, portanto vulneráveis.

Esses parecem pequenos momentos de decisão, que não fazem diferença alguma, mas são eles que delineiam a nossa vida. Que mudam o curso do favor de Deus.

Quantos de nós cantamos o hino “Tudo entregarei, tudo entregarei”. (no inglês diz, “I am surrender son” quer dizer “Eu sou um filho totalmente entregue, no sentido de rendição a vontade do Pai) Mas, vivemos a nossa vontade em detrimento da vontade Soberana e, ainda reclamamos de Deus, porque Ele tem “favoritos”.

Jesus foi um perfeito exemplo de rendição à vontade do Pai.

A maioria de nós quer ser servido, sem servir. Quando convocado por Deus ou pelo pastor, a fala de muitos é a seguinte: “eu não quero envolvimento para não dar em confusão”. Então, passa a viver um cristianismo medíocre, sem ser útil a Deus e ao próximo e ainda quer “favoritismo”.

A humildade é a chave que abre a rendição por completo. Jesus, nosso máximo exemplo, humilhou-se a si mesmo, foi obediente até a morte.

Deus resiste ao soberbo, mas favorece ao humilde.

Existe o favor coletivo e o favor pessoal.

Deus tem os dois para todos nós. O suposto “favoritismo pessoal de Deus” nós alcançamos com nossas atitudes de fé, de entrega, de unidade com Ele.

Jabez abriu aspas na genealogia de tantas gerações, para ressaltar ao mundo, o favorecimento de Deus em sua vida. Ele orou pelo favorecimento de Deus e foi atendido. O que fez com que Jabez fosse o mais ilustre dentre os seus irmãos? O que fez com que as cortinas da sua habitação fossem expandidas? Porque o mal não o alcançou? Só encontro uma resposta: “O favor do Senhor”.   I Crônicas 4: 9 e 10



Deus nos abençoe com o seu favor!

Grande abraço a todos.

Denise Figueiredo Passos.




3 comentários:

  1. Amiga uma mensagem muito profunda, que muitos não querem nem ler, que o Eterno continue te usando poderosamente, beijos

    ResponderExcluir
  2. pstorafatimaramos@hotmail.com30 de maio de 2012 14:19

    maravilhosa sua mensagem!!! de uma coisa eu sei Jesus pode nao ter prediletos mas a alguns como vc ele atribuiu talentos especias!!! Que ele possa continuar te inspirando todos os dias...
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Amiga, como s/mensagem é excelente. Até imaginei vc em um púlpito pregando. Vc tem curso teológico? Deus te abençoe hoje e sempre. Um abraço

    ResponderExcluir